quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Voltando dos mortos...

Abençoados Sejam!!

Sei que não vai adiantar pedir milhares de desculpas ao pessoal que acompanha o blog, porque sei que não cola. A criatura ficar mais de um ano sem escrever é inaceitável, mas confesso que não consegui mesmo sentar em frente ao computador por uma vez na semana para escrever.
Ninguém tem nada a ver com isso, mas passei (e acho que ainda passo) por uma situação meio deprê de tudo. Tenho tido uma visão real demais da morte e não estou sabendo como lidar com isso. Tudo à minha volta parece não ter sentido e objetivo. É como se eu estivesse aqui só para ocupar lugar no espaço porque não vai importar porcaria nenhuma do que eu fizer, porque é certo que em algum momento tudo findará, tanto para mim quanto para as pessoas que amo.
Sofrimentos, sacrifícios, alegrias. tristezas... para quê se tudo tem fim?
Minha depressão está em alta, mas tentarei da melhor forma possível escrever para vocês com mais frequência, afnal, é sempre bom saber que existem pessoas que leem o que eu escrevo (mesmo que não tenha sentido às vezes).
Pedirei à Hécate que me ajude a passar por essa fase ou que, no mínimo, me tire da cabeça a ideia fixa de término, de fim.
Um grande abraço a todos e que a luz da Lua nos ilumine sempre.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Registre aqui sua passagem e que a luz da Lua nos ilumine sempre!
)O( Morghana Riona )O(