quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

O bom filho à casa torna - no meu caso, a boa filha...

Aos Seres Noturnos que por aí habitam, saudações!

Desejo a todos muita paz, saúde e respeito ao livre arbítrio.
Infelizmente, constatei hoje ao abrir o blog, que faz mais de ano que não passo aqui para desejar, no mínimo, que a luz da Lua nos ilumine sempre.
Confesso que senti vergonha por ter me afastado... nem ao menos um sonho eu registrei (embora faça muito tempo que eu não lembro absolutamente de nenhum sonho ou pesadelo...)
Também admito que, com tantas coisas que aconteceram nesse tempo eu optei por largar tudo de mão e não me envolver mais com o esoterismo.
Cheguei ao ponto de DOAR todo o meu altar para uma Entidade da Quimbanda...
Na época achei que estava fazendo grande coisa, mas só serviu para confirmar que eu estava MUITO enganada. Muito mesmo.
Não sei quanto tempo eu precisei para entender que a Bruxaria estava dentro de mim e nunca mais sairia... Eu nasci com ela. Não há escolha. Quando se deixa algo que é natural em nossa vida para trás, em algum momento a vida vem cobrar. Não adianta negar. Em algum momento a Alma vai clamar pelo o que é seu por direito. Em algum momento você vai sentir um vazio tão grande, que se você não voltar a fazer o que sempre fez vai estagnar e "nem com banda de música" vai progredir. E nem em sonho isso vai acontecer...
Foi exatamente isso o que aconteceu comigo. Percebi claramente que eu não progredia. Não importava o que eu fazia. Então aquele vazio começou a crescer de tal forma que eu me senti sufocada, presa em mim mesma. Eu já não era mais eu.
E, percebendo que a situação só tinha a piorar, tomei uma atitude. Identifiquei que o que estava acabando comigo era o abandono de mim mesma que eu permiti que acontecesse. Simples assim. Quando me dei conta já havia doado meu altar, meus instrumentos mágicos, minhas roupas ritualísticas... tudo, até meus pentagramas...
Sorte que tive o bom senso de doar minhas pedras e cristais para o meu filho que adora as pedras. Caso contrário, nem isso eu teria. 
Isso é uma vergonha.
Mas como quem vive de passado é museu, cá estou eu para voltar com tudo. Com tudo mesmo, mas voltar de forma diferente.
Decidi que embora eu já seja Sacerdotisa, eu vou ser humilde e vou reiniciar meus estudos bem do 0, como se eu não soubesse de nada. Passei tanto tempo longe das energias que me cuidam... da Deusa e do Deus que nem sei mais se sou merecedora do conhecimento que adquiri antes...
Então meu plano é esse:
Serei uma iniciante... tudo o que eu for estudando vou colocando aqui, neste blog, que vai ser praticamente um Livro das Sombras on line.
Enquanto escrevo, minha mente voa à velocidade da luz. Já relembrei de tantas coisas que aconteceram comigo neste longo caminho... embora não sejam os ensinamentos de tradições, de livros, são lições que aprendi na prática. E, se não foram pra fazer magia, no mínimo me ajudaram a evoluir.
Bem... hoje vou ficando por aqui. Vou me preparar para o início dos estudos e, como sempre digo...
Que a luz da Lua nos ilumine sempre.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Registre aqui sua passagem e que a luz da Lua nos ilumine sempre!
)O( Morghana Riona )O(